All for Joomla All for Webmasters
  • Massagens

    Shiatsu

ORIGEM DO SHIATSU

O Shiatsu foi originado como uma prática a mais de dois mil anos atrás. A Tao Yin, conhecido como o termo chinês associado ás práticas de meditação, na tentativa de devolver ao organismo a fluição natural e Ki, a força da vida, que rege a medicina oriental, desenvolveu exercícios físicos, técnicas de respiração, massagens e meditação, que foi base para a invenção do Shiatsu. Pelo fato do Japão ter vivido uma cultura muito isolada durante anos, o país criou vários tratamentos de saúde próprios, foi então que o método terapêutico Shiatsu surgiu no final do século XIX, início do século XX, com o nome de Anma. Com o tempo, o Shiatsu foi se modificando ao ser encontrado por outras culturas do mundo inteiro, possibilitando opções de práticas e técnicas mais aprimoradas. Essa terapia originada pela medicina oriental utiliza o vocabulário japonês em seu nome, o termo shi vem de dedos e o atsu significa pressão. O terapeuta Tamai Tempaku, no final do século XX, acrescentou às praticas do Shiatsu os conhecimentos de anatomia e de fisiologia, proporcionando resultados ainda mais eficazes para quem utiliza da técnica. O governo do Japão reconheceu o Shiatsu como uma terapia independente e distinta, tanto da Anma, quanto da massagem ocidental. Hoje no Brasil, o Shitasu é reconhecido pelo Ministério da Saúde para tratar e prevenir uma variedade de doenças existentes.

O QUE É O SHIATSU?

A massagem do Shitasu tem como sua finalidade principal promover a compreensão do indivíduo em uma tríade, composta por mente, corpo e espírito. A prática também tem o grande poder de oferecer o equilíbrio do corpo, proporcionando saúde mental e corporal, aliviando dores e prevenindo doenças físicas e mentais através da pressão dos dedos, palma da mão e dos cotovelos. O Shitasu é conhecido por sua eficácia em combater o estresse físico, estimular o bom funcionamento dos órgãos, melhorar a postura corporal, proporcionar um relaxamento intenso do corpo e ser o método que mais influencia na prevenção de enfermidades. Essas melhoras corporais ocorrem porque a prática aumenta a energia do paciente e a consciência sobre si mesmo.

COMO ESSA TÉCNICA É APLICADA?

O terapeuta que realiza a aplicação do Shitasu no paciente recorre a técnicas de pressão, percussão, fricção, vibração e imposição dos dedos, mãos e cotovelos, em constantes movimentos de alongamento e massagem. Os movimentos também podem ser realizados com a manipulação das articulações e desestruturas musculares esqueléticas. Os toques do terapeuta são firmes, profundos e relaxados. No momento da sessão as pressões podem incomodar em casos de tratamento de lesão muscular ou dores em locais específicos. Nessa terapia não é necessário utilização de óleos, cosméticos e lubrificantes. Essa pressão ocorre em cima de alguns canais do corpo humano na tentativa de equilibrar aquilo que não vemos, mas sentimos (Ki, fluxo da energia vital da vida), geralmente os mesmos canais utilizados na acupuntura, que são os canais responsáveis por ativar a energia interna do corpo, tendo como objetivo tonificar, sedar e regular a circulação “energética”. Acredita-se que a circulação energética pode estar bloqueada, em déficit ou em excesso no organismo, formando os possíveis desconfortos. Existem, em média, 365 pontos de pressão pelo corpo que quando pressionados normalizam o fluxo da energita vital da vida, devolvendo ao corpo a imunidade alta, capaz de se defender das enfermidades, o que garante um bom funcionamento do organismo inteiro. Isso tudo só é possível através das técnicas de massagem proporcionada pelo Shiatsu.

A região massageada durante a sessão está relacionada a emoções e padrões psicológicos do paciente, embora o benefício apenas para a parte do corpo que recebe a terapia, mas sim a toda função metabólica. Isso significa que, a terapia do Shiatsu intervém na harmonia homeostática, contribuindo para o bom funcionamento do fluxo harmonioso e responsável pelo equilíbrio do organismo.

QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS DO SHIATSU?

Os benefícios do Shiatsu podem ser divididos em diferentes categorias, sendo elas: físicas, químicas e emocionais. Conheça todos os benefícios dessa terapia revigorante:

Benefícios Físicos do Shitasu:

  • Auxilia na prevenção de problemas digestivos;
  • Ameniza gripes e resfriados;
  • Diminui as dores corporais;
  • Aumenta a imunidade;
  • Melhora a respiração e a postura corporal;
  • Ameniza as cólicas menstruais e dores lombares;
  • Faz bem para a pele;
  • Melhora o sistema circulatório, endócrino e nervoso;
  • Fortalecimento do organismo;
  • Ajuda na eliminação de “peso” dos ombros e nuca;
  • Retarda o envelhecimento.

Benefícios Químicos do Shitasu:

  • Diminui as dores de cabeça e enxaquecas;
  • Melhora a qualidade do sono;
  • Melhora a circulação sanguínea, promovendo a sensação de bem-estar;
  • Alivia a tensão;
  • Ativa a energia corporal;
  • Maior vigor;
  • Revitalização;
  • Aumenta a resistência;
  • Elimina as toxinas.

Benefícios Emocionais do Shitasu:

  • Reduz a ansiedade e o estresse;
  • Com a liberação do hormônio do bem-estar, o Shitasu mantém o equilíbrio emocional reduzindo fobias, TPM, raiva, traumas, medo, mágoas, preocupações/etc;
  • Diminui as mudanças de humor e contribui positivamente para a bipolaridade;
  • Reduz a instabilidade emocional;
  • Harmonização interior;
  • Desenvolvimento da consciência e sensibilização corporal;

O objetivo principal do Shitasu é gerar equilíbrio físico, mental e espiritual. Contribui para o conhecimento mental e corporal. Permite que o paciente possua um estilo de vida mais saudável e harmonioso harmonizando sua energia através dos pontos meridianos, possibilitando assim, uma saúde mais plena.

PARA QUEM É INDICADO A PRÁTICA DO SHIATSU?

O Shitasu pode ser realizado em todas as pessoas de qualquer idade. A prática é ideal para pessoas que se queixam por falta de foco, dificuldade de memória, noites mal dormidas, dores de cabeça, dores no corpo, cansaço, fraqueza, insônias, problemas emocionais, distúrbios intestinais, disfunções menstruais, sinusite, constipação, lesões desportivas, problemas respiratórios, artrite, tosse e tensão muscular. Alguns desses problemas costumam interferir na rotina e podem ser tratados com a liberação do hormônio do bem-estar e com a melhora da circulação sanguínea, esses que são os benefícios principais proporcionados pelo Shitasu.

A massagem aplicada no Shitasu também é aconselhada e indicada para quem pretende manter o equilíbrio corporal. Portanto, não é obrigatório a presença de nenhum dos sintomas citados acima para receber a terapia. Tendo como sua principal vantagem manter o paciente equilibrado emocionalmente e proporcionar o relaxamento muscular, a técnica pode ser aplicada para quem deseja sentir-se bem consigo mesmo.

CONTRAINDICAÇÕES DO SHIATSU

Existem algumas contraindicações para a prática do Shiatsu, é importante estar atento á elas. Tratamento de infecções, doenças contagiosas, fraturas ou varizes, essa massagem deve agir somente como terapia complementar com o acompanhamento de um tratamento médico. Não é indicado como tratamento principal nesses casos.

Existe contraindicação em casos de gravidez, principalmente nos três primeiros meses de gestação, ou, em casos de aplicação da terapia, os cuidados na região do baço e pâncreas devem ser redobrados. Também é contraindicado para pessoas com câncer. Em casos de osteoporose, de varizes, edemas, inchaços e fraturas, há cuidados especiais para não pressionar sobre edemas e inchações ou sobre regiões fraturadas. As crianças muito pequenas podem receber a técnica do Shiatsu, porém, é utilizado instrumentos para realizar as pressões da massagem, que fazem com que a aplicação da terapia seja mais “leve”.

CURIOSIDADES/DICAS DE TRATAMENTO

É indicado, no mínimo, uma sessão por semana tendo ela cerca de 60 minutos, em situações de quadros preventivos. Em casos de tratamentos de dores intensas, aconselhamos, no mínimo, duas sessões semanais.

O Shitasu acredita que as curas não são realizadas através das doenças e sim, na busca pelo fenômeno causador das enfermidades, esclarecendo a individualidade de cada paciente. Acredita-se na medicina chinesa que as dores são pontos de bloqueio de energia vital e este fato desencadeia certas doenças. Portanto, essa massagem é uma terapia que pretende buscar a cura como um todo no paciente.

PREPARAÇÃO PARA A PRIMEIRA SESSÃO

É importante você conhecer algumas dicas para se preparar melhor para as suas sessões de Shitasu. Vista uma roupa bem confortável para ajudar a manter o efeito do tratamento. A massagem não exige se despedir, portanto, ela precisa que você esteja utilizando de vestimentas bem práticas. Se alimente bem, pelo menos duas horas, antes da sua sessão.

O momento da sessão deve ser relaxante, por isso é importante que você esteja desconectado de tudo e dedique-se apenas a saúde do seu corpo, mente e espírito.

CUIDADOS PÓS SESSÃO

É interessante que o paciente tenha alguns cuidados após a sessão da massagem, que ajudam e influenciam a potencializar os benefícios para o corpo. Procure tomar um banho quente, pois auxilia diretamente no relaxamento corporal. Para contribuir com a musculatura massageada, faça alongamentos na região onde o Shitasu foi aplicado.